Wednesday

Episódio VII - Ameijôas e Orçamentos




Santos estava muito atrapalhado.

Tinha de ter um orçamento até Sexta-Feira. Orçamento de uma coisa que nem ele próprio entendera. Pedir ajuda ao Abel estava fora de questão. Não podia mostrar fraqueza. Só tinha uma hipótese: recorrer ao Inácio.
Ele era o tal "organismo" que o podia “desenrrascar”. Sem ele, a coisa podia ficar feia.
................

Inácio, sorvia uma ameijôa, enquanto Santos falava.

"Inácio, preciso do teu apoio. Lembras-te da conversa que tivemos no outro dia...sobre o estendal?…Ou lá como isso se chama...Epá, tens de me safar um orçamento. Urgente"
"Conta comigo" Respondeu prontamente o oleoso Inácio.
"Mas como vais tu fazer isso? Sabes quantos kms são ao todo? Quantas pessoas são precisas? Olha que isto não é nenhuma graça. Envolve o Governo" miou o Santos com a mesma preocupação de um gato, num canil.
"Não é preciso saberes como vou tartar disto...Quanto mais souberes, mais te preocupas. Isto é sempre a desenrolar" disse o Inácio com a calma habitual.
"Acredito…. mas preciso de ter papéis para apresentar"
"Se tens “papel”, eu troco por outros" gracejou…

Inácio limpou a boca com a casca da última ameijôa, empurrou a travessa com um gesto largo, recostou-se na cadeira e com o sol a bater-lhe na face, parecia um cavaleiro de armadura reluzente, pronto a salvar a sua donzela. Todo ele brilhava.

"Vou explicar-te o que precisas para dares aos teus chefes, ok?"

Os olhos de Santos iluminavam-se como a barra de luzes dum carro-patrulha da BT.
Rasgando, metade da toalha de papel, com a caneta do empregado, Inácio passou a explicar.....

"É assim...
Tu precisas de “massa”. Mas não tens…por isso tens de fazer um financiamento público. Ou seja tens de arranjar uns otários que engulam isto. Vais ter com os financiadores e dizes que tens um projecto governamental e etecetera. Tentas que eles colaborem. Percebeste?

Santos estava com uma concentração tal nas palavras do amigo, que nem fome sentia....

“Leva-se uma folhita do Ministério, com um paleio de entorpecer, o que dá logo outro aspecto. Diz-se o que se pretende de cada um. Tudo financiadores separados para não começarem a falar entre eles. Para começar, não vai haver problemas..... Mas não sabemos se isto vai acabar bem... Logo se vê…..Se der para o torto, eles que se agarrem ao pau...se a coisa continuar..fixe! Temos negócio. O “papel” vai aparecer."

Santos estava maravilhado com a facilidade com que o Inácio falava do projecto. Ele que era desempregado profissional...onde poderia ter chegado, se tivesse tido um emprego...

"Ora vamos lá fazer uma estimativa. Primeiro vamos escrever o que vai ser preciso. Como na lista das compras, percebes, Santos?
Tu vais precisar de: Muito arame, postes de metal, para esticares o fio, porque senão os putos rebentam-te com aquilo tudo. E se não forem os putos são as “gajas” a esticar a roupa. Em toda a Europa as "gajas" são iguais. Estendem roupa para a secar. Aquilo tem que ficar alto…
Precisas de uma viatura. Uma coisa que tenha uma bobina grande para desenrolar o arame. Tem que ser uma coisa sólida.
Precisas também de pessoal….. e parece-me que chega" Concluiu Inácio.

"Só?"...perguntou o Santos
"E achas pouco?"
"Continua..." pediu o santos

"Ok. Vamos ver o pessoal....de quem precisas tu?....
  • Um motorista com carta de pesados, certo?...
  • Um bacano que saiba esticar e soldar arame e saiba enterrar postes...
  • Um chefe de viatura, que saiba mandar na equipa.
  • Um cozinheiro, para lhes fazer as marmitas, para que eles não tenham que ir ao snack bar e…
  • Um desempregado." Finalizou Inácio.

"Um desempregado?" Espantou-se o Santos."Tu?"
"Man, eu?! Tastapassar? Se eu entrar no projecto, ele perde um líder. Um operacional....Um desempregado, é políticamente fixe. Crias mais um posto de trabalho e além disso são os olhos do público no projecto. Ninguém desconfia de um desempregado"

"Ó Inácio....mas onde vais buscar esse pessoal todo? O orçamente é para sexta-feira..." Santos já estava outra vez desesperado.

"Tu achas que cá no bairro não te safas? Moras aqui há 20 anos e não conheces o potencial da vizinhança? Até fico desgostoso"...e faz sinal ao empregado, para soltar mais uma bejeca, bem tirada em copo gelado...

"Só por ser teu amigo, até te vou dizer mais...Não me vais pagar nada. Se sobrar "algum" falamos depois..." disse Inácio.
"E o pessoal?" perguntou Santos.....
"Também não penses que é tudo à borla, man. Nem todos são como eu….Quanto achas tu que o teu patrão tem para gastar?"
"Não faço ideia..."
"Vais ter de saber....Temos andar nas verbas. Para começar, até sai barato...depois do sucesso Mundial, todos vão querer entrar com a “massa”. Aí, o mais difícil, é haver postes para todos. Estás recordado da Expo? Eram só 5 postezitos e cada um tinha uma marca diferente. E nem tinham função. Já viste as marcas todas a irem pelo estendal abaixo? Imaginas o que uma marca de gelados não paga pelos postes nas zonas quentes? Man...."

Santos começava a achar que Inácio tinha razão.

"Eu faço-te uma folhinha com os preços e tu vais saber das massas lá com o Sr. Engenheiro. Ok?"
"Ok!"... Disse o Santos preparando-se para pagar a despesa.

Saiu mais animado.
Aquilo parecia ter pernas para andar e começava a fazer sentido…
Estava mais aliviado.


10 Comments:

Anonymous Mushu said...

Isto começa a fazer sentido...
ou não... LOL

2:37 PM  
Anonymous Mushu said...

Já não posso ver as ameijoas, pá!

5:25 PM  
Anonymous Anonymous said...

Pôôôôça pá !!!!!

1:00 PM  
Blogger Mushu said...

ATUM???? Irra!

4:30 PM  
Blogger Humor Negro said...

Isto desenvolve ou não desenvolve?? Quer-se ver que tenho que fazer um downsizing aos trabalhadores deste blog?

1:34 PM  
Blogger Mushu said...

foi apanhar ameijoas, tá visto...

8:13 AM  
Blogger Papo-seco said...

Mas isto aqui está uma maravilha!!!!!!!!

Já estou "agarradinho" ao arame meridiano do Seixal.

:)

10:21 AM  
Blogger Mushu said...

Pá, que cena... isto nunca mais anda!

3:30 PM  
Anonymous eu mesmo said...

desenvolve...crl

5:09 AM  
Anonymous Raquel V. said...

Como comecei agora, estou a ler de seguida, do Seixal aos Marcianos... tá de morrer! LOL

3:36 PM  

Post a Comment

<< Home